Novidades

Monte das Gameleiras

Monte das Gameleiras está localizada na Região Agreste do Rio Grande do Norte, já na divisa com o Estado da Paraíba. A Cidade favorece a prática do ecoturismo, com diversas atrações turísticas baseadas ma geografia privilegiada do município, tais como a Pedra Pintada, a Pedra Navio, a Pedra da Caridade, do Milagre e a Pedra do Magalhães. O Açude Pituaçu, a gruta e a Capela de N. S. da Saúde são outras atrações.

Como chegar

Distância de Natal: 137 km Partindo de Natal na direção sul via BR-101 até Canguaretama, em seguida, pela RN-269 passando por Pedro Velho, Montanhas, Nova Cruz, Passa e Fica, Serra de São Bento até chegar em Monte das Gameleiras.

Atrações e destaques

  • Capela Nossa Senhora da Saúde
  • Pedra da Pintada
  • Pedra Navio
  • Pedra da Caridade
  • Pedra do Milagre
  • Olho d´Água
  • Açude do Pituaçu
  • Tanque de Agripina
  • Pedra do Magalhães

Ler mais...

2017-08-04 AGENCIAMODUS viagens comentário viagens

Carnaval em Olinda

História do Carnaval de Olinda

O Carnaval de Olinda surgiu no começo do século XX. Sua origem está diretamente ligada ao surgimento de clubes carnavalescos como, por exemplo, Clube Carnavalesco Misto Lenhadores (origem em 1907) e Clube Carnavalesco Misto Vassourinhas (origem em 1912). Já a tradição dos desfiles de bonecos surgiu no começo da década de 1930. Foi no ano de 1932 que o boneco “Homem da Meia-Noite” foi pela primeira vez para as ruas da cidade animar o carnaval.

Bonecos Gigantes

Uma das principais marcas do carnaval de Olinda é o desfile dos Bonecos Gigantes. Confeccionados de madeira, papel e tecidos, estes bonecos são conduzidos pelas ruas da cidade, animando os foliões. Um dos bonecos mais conhecidos e tradicionais é o “Homem da meia-noite”.

Estes bonecos são representações de importantes personalidades históricas do Brasil e do mundo. Políticos, músicos, atletas e artistas famosos são transformados, com muito talento e arte, nestes lindos símbolos do carnaval olindense.

Frevo

Os desfiles de rua são animados com muito samba e frevo. Embora surgido no Recife, o frevo já faz parte do carnaval de Olinda há várias décadas. É o frevo que anima e contagia os foliões pelas ruas e ladeiras da Cidade Alta.

Festa popular

Todos os carnavais mais de um milhão de foliões participam da festa popular. São aproximadamente 500 grupos carnavalescos que desfilam pelas ruas, principalmente do centro velho de Olinda. Além dos clubes carnavalescos, saem às ruas clubes de frevos, blocos, maracatus, troças, afoxés e caboclinhos.

As tradições do carnaval de Olinda representam a mais pura mistura de traços culturais dos povos que formaram a nação brasileira (negros, índios e europeus).

Ler mais...

AGENCIAMODUS viagens comentário viagens